Vale do Loire – Castelo de Amboise

O castelo ou ” Chateau” de Amboise é um dos importantes castelos do vale do Loire, localizado as margens do rio Amboise, na cidade de Amboise. Sua construção foi iniciada na idade média, no século V, tendo seu desenvolvimento maior no século XI, pelo conde D’Anjou, ancestral da família Amboise. Pertenceu a família Amboise até meados do século XV. Em 1431, Louis d’Amboise, tem sua propriedade confiscada a coroa francesa, acusado de traição ao rei Charles VII. Escapa da morte, mas é obrigado a ceder o castelo aos reis franceses.

DSC_0497

Charles VII iniciou então o domínio da dinastia real sobre o Castelo de Amboise. Ele passa a ser, então, um dos preferidos dos reis da França. Seu neto, Charles VIII, é responsável pelas construções que culminaram com o desenvolvimento do castelo, com a contratação dos mestres pedreiros italianos, Domenico da Cortona e Fra Giocondo, que são responsáveis pela criação dos motivos renascentistas na decoração do Castelo, jamais vistas na França até a presente data.

DSC_0506

Charles VIII é responsável pela primeira construção renascentista da França, transformando um castelo medieval, em um refinado Chateau em estilo Gótico Flamboyant. Obcecado pela arte italiana, o rei, depois de participar das guerras em Nápoles (1494-1495), traz consigo diversas obras de arte italianas, como pinturas, esculturas e, até mesmo, o paisagista Dom Pacello de Mercogliano, responsável pela criação do primeiro jardim renascentista da França.

DSC_0518

As dinastias francesas continuaram a usufruir do castelo, principalmente em relação a educação dos jovens reis e nobres. Em 1516, o gênio Leonardo da Vinci é trazido a França, sob a tutela do rei Francisco I, após a conquista da Itália pelo rei francês. Leonardo da Vinci passa os últimos três anos de sua vida em Amboise, no Chateau de Clos-Lucé, na cidade de Amboise, próximo ao Castelo de Amboise. Inclusive o gênio italiano está enterrado nas cercanias do Castelo, mais precisamente na Capela de Saint-Hubert, construída entre 1491-1496.

Henrique II e a sua esposa, Catarina de Médici, criaram os seus filhos no Castelo de Amboise juntamente com Mary Stuart, a Rainha da Escócia, ainda criança, que havia sido prometida em casamento ao futuro rei francês Francisco II. Em 1560 iniciam-se as guerras religiosas na França, entre protestantes e católicos, e Mary Stuart faz parte da família Guisé, ultra-católica. O príncipe de Condé, chefe do partido protestante, Huguenot, não aprecia a influência que eles exercem sobre o rei Francisco II, e planeja o rapto do rei, juntamente com outros huguenots. Quando a trama é descoberta, o príncipe e cerca de 1200 Huguenots são mortos e têm seus corpos pendurados pelo telhado do Chateau. Esse episódio fez com que a família real deixasse Amboise, tanto pelo perigo de novos levantes, como também pela morbidez do episódio, que deixou traumas profundos na sociedade real.

DSC_0511

Após esse sangrento episódio, o Chateau de Amboise foi cada vez menos utilizado pela dinastia dos reis franceses. E tudo isso culminou ainda com os sangrentos anos da revolução francesa. O castelo foi todo pilhado e transformado em caserna e em fábrica. Durante o império de Napoleão Bonaparte, o Chateau foi utilizado como prisão para os detratores do sistema. Mesmo após o período napoleônico, o Chateau foi utilizado como prisão para o emir Abd el-Kader, preso durante a guerra de conquista da Argélia. Ele passa ali quatro anos com com sua família e todo o seu harém. Até que em 1852 é libertado por Napoleão III. Durante a estadia do emir em Amboise, algumas pessoas da sua corte, incluindo um dos filhos, morreram. E um pequeno cemitério é instalado no parque do château.

DSC_0513DSC_0514

Até que não deve ser de todo ruim ficar aprisionado nas dependências do castelo

Desde 1849 o Castelo de Amboise está classificado como Monumento Histórico pelo Ministério Francês da Cultura. Hoje em dia, o atual Conde de Paris, descendente de Luís Filipe, o conde Henrique é responsável pelo reparo e conservação do castelo através da Fundação Saint-Louis.

DSC_0762DSC_0763

Pode-se aproveitar o passeio ao Chateau de Amboise e também caminhar pela bela e pacata cidade de Amboise. Um bom lugar para comer nas redondezas do castelo é o restaurante La Reserve, que fica localizado na rua do Chateau. Para maiores informações sobre o Chateau acesse o site oficial http://www.chateau-amboise.com/pt-br/.

DSC_0758

Carpe Diem!!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s