Antuérpia – A cidade dos diamantes e das pinturas de Rubens

Antuérpia é uma cidade belga, de cerca de 500mil habitantes, a segunda maior da Bélgica, depois de Bruxelas, conhecida internacionalmente pelo comércio de diamantes, sendo um dos principais pontos de comercialização a lapidação das pedras, além de abrigar um dos maiores portos da Europa, banhado pelo Rio Escalda. Fica localizada ao norte de Bruxelas, na região de Flandres, distando cerca de 45km da capital. O nome Antuérpia tem origem na lenda de um gigante que habitava a região, chamado Antigoon, que cobrava pedágio para que as pessoas atravessassem o rio Escalda, e, caso, elas não obedecessem, suas mãos eram decepadas e jogadas no rio. O valente Brabo, derrotou o gigante, decepando-lhe a mão, e jogando-a no rio. Portanto o nome Antwerpen, do  flandres, hand é mão e wearpan (= arremessar), mão arremessada. Também foi a cidade natal do famoso pintor flamengo Peter Paul Rubens, na qual passou a maior parte de sua vida, e executou suas obras-primas.

dsc_1206

Para quem chega na cidade através da estação de trem já se impressiona com essa que é uma das mais belas estações ferroviárias da Europa. A Antwerpen Centraal Station foi construída no século XIX, entre 1895-1905. Já foi palco para gravação do filme “A Noviça Rebelde”.

img_7887

É apelidade de ” Railway Cathedral”, seu prédio foi projetado pelo arquiteto de Bruges L. Delacenserie, e possui um complexo de 3 andares, com 400 metros, com trens que interligam Antuérpia a todas as capitais européias, bem como todas as cidades da Bélgica.

dsc_1201

A pé da estação central se chegam a todos os monumentos de interesse turístico. Então vamos a eles:

Grote Markt

Essa é a praça central da cidade, que abriga os prédios administrativos, a Prefeitura e os prédios de interesse histórico. Sua construção data do século XVI. Além do prédio da Prefeitura (Stadhuis), também podemos destacar as Guild Houses, casas construídas no século XVI que remontam a renascença flamenga.

dsc_0013

A estátua de Silvius Brabo, o rapaz que derrubou o gigante e depeçou-lhe a mão encontra-se o meio da praça, afinal, foi esse episódio que deu o nome da cidade.

dsc_0011

Apesar de termos visitado a cidade durante o dia, em dezembro, as feirinhas de natal dominam toda a Bélgica a partir das 16 horas, nas principais praças das cidades.

img_7897

 Church Of Our Lady (Onze Lieve Vrouwekathedraal)

A Catedral de Nossa Senhora foi construída no século XIV, em estilo gótico no exterior, e barroco em sua parte interna. Os seus dois grandes construtores foram os arquitetos Jean Amel de Boulogne e de Waghemakere. A Catedral foi durante muitos séculos a mais alta construção em todos os países baixos. Sua torre central possui 123 metros de altura.

dsc_0009

O interior da Catedral guarda as jóias das pinturas de Rubens. Muito foi destruído e pilhado pelos calvinistas durante a reforma protestante, mas algumas obras-primas restaram intactas.

dsc_1208

” Descida da Cruz” – uma das principais pinturas de Rubens, pintada entre 1611-14. O pintor inglês Sir Joshua Reynolds, classificou essa obra como: “uma das melhores imagens jamais criadas”. A cabeça, pendida para um lado, o corpo caído, tudo evoca o peso da morte.

dsc_0006

” O erguimento da Cruz” – 1610 é uma síntese da escola renascentista de Michelângelo, florentina, com a escola veneziada de Tintoretto.

dsc_0005

O altar principal possui a obra “Assunção da Virgem Maria” (1625-26), também de Rubens.

RubensHuis

Essa é a casa aonde o pintor viveu e trabalhou por mais de 25 anos. A casa foi toda projetada por ele mesmo. Em seu interior possui um pequeno museu com algumas obras do artista, além de um belo jardim no pátio interno.

dsc_0023

Para mais informações, veja o site: http://www.rubenshuis.be/.

Steen (Stone)

Essa é a construção mais antiga de Antuérpia, um antigo castelo do século XIII, localizado próximo ao porto, em torno do qual a cidade se desenvolveu e expandiu ao longo dos séculos, moradia dos nobres de Flandres. O castelo mudou de dono durante todos os anos, bem como de estilos arquitetônicos, sendo a mudança mais expressiva realizada pelo imperador Charles V, em 1520. Entre 1549-1823 o castelo funcionava como prisão, tornando-se um museu arqueológico em 1862. Atualmente o castelo é aberto a visitação, mas há um projeto para se tornar um museu marítimo em 2023, como um centro de exposição da cultura náutica flamenga.

dsc_0017

Aqui está a estátua do famigerado Lange Wapper, o gigante Antigoon, que aporrinhava os transeuntes da cidade, cobrando-lhes pedágio para atravessarem o rio, em troca de não deceparem suas mãos.

dsc_0022

E aqui está a mão do danado, cortada por Brabo.

dsc_1204

Onde Comer:

The Bistro

Restaurante fino, especializado em especiarias belgas, próximo a RubensHuis.

bistro

O Pato com molho de cereja foi realmente uma boa pedida! Para mais informações: www.thebistro.be/. Endereço:Wapper 1/A, 2000 Antwerpen.

Essa é Antuérpia, a cidade de Rubens e dos diamantes.

img_7883

Carpe Diem!!!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s