Viena – Antes do Amanhecer

A Capital austríaca, chamada ” Wien”, em alemão, é uma cidade elegante, requintada, morada dos principais compositores dos séculos XVIII e XIX, capital do império Austro-Húngaro, feita para ser vista e vivida com calma e deslumbramento. Apresenta cerca de 2,6 milhões de habitantes e é a segunda maior cidade do mundo onde se fala alemão, perdendo apenas para Berlim. Foi capital do Sacro Império Romano-germânico antes de sê-la do império Austro-Húngaro. É sede da Organização das Nações Unidas (ONU).

IMG_0419

Viena foi palco do primeiro filme da trilogia “Antes do amanhecer”, de 1995, que conta a história de um casal (Ethan Hawke e Julie Delpy) que se encontram em um trem de Paris a Viena, e passam a noite juntos em Viena, e mais tarde se reencontram nos outros filmes “Antes do Pôr-do-sol” (2004), em Paris, e “Antes da meia-noite” (2013) na Grécia. Assistir a “Antes do Amanhecer” mostra um panorama geral das principais atrações de Viena, além de ser um filme delicioso.

IMG_3889

Viena possui 23 distritos, sendo que os dois principais para atrações turísticas são: Inner City e o Leopoldstadt. Circular por Viena é fácil, pode-se contar com linhas de metrô que levam aos principais pontos turísticos e ônibus também. O ônibus 1A leva as principais atrações turísticas de Viena, circulando pela Inner City. A parte da Inner City chamada Ringstrasse, recebe esse nome devido ao conjunto arquitetônico, idealizado no final do Século XIX e representa um marco do mordenismo austríaco, compreende o State Opera, o parlamento, o Museu de História Natural, O museu de história da arte e o Viena City Hall. As principais atrações de Viena são:

Catedral de São Estevão – Stephanskirche

É uma das catedrais góticas mais antigas da Europa, data do século XII, sendo sua obra terminada entre os anos de 1303 até 1433. É famosa por seu sino de 21 toneladas, chamado de “Pummerin”,  localizado numa torre de 70 metros.

IMG_3887

O interior da catedral é adornado com esculturas e um jogo de luzes dos vitrais, que fazem um mosaico de cores impressionante. A imagem de Maria Pötsch, do século 17, é conhecida por já ter expelido lágrimas reais. O Wiener Neustadter, um grande altar dourado adornado com figuras religiosas, é um dos 18 altares da catedral.

IMG_3888

Santo Estevão é considerado um protomártir, ou seja, ele foi o primeiro mártir de toda a história católica. O seu martírio ocorreu no século 31 e 36 da era cristã. Santo Estevão foi um dos sete ministros da caridade, nomeado pelos apóstolos após a morte de Cristo, para propagar a fé cristã. Estevão foi apedrejado até a morte por Judeus que o acusaram de heresia por propagar a fé Cristã.

Palácio Imperial de Hofburg

Esse grandioso palácio imperial foi construído a partir de uma fortaleza medieval do século XII, sendo continuamente ampliado até meados do século XX. Foi residência oficial da dinastia Hofburg, soberanos do Áustria dos anos 1278 a 1918. Maria Antonieta nasceu nesse Palácio em 1755. Abriga a Biblioteca Nacional Austríaca, a Escola Espanhola de Equitação, o gabinete do presidente da Áustria e variados museus em seu interior.

IMG_0284

O Hofburg foi a sede do poder dos reis e imperadores do Sacro Império Romano-Germânico na Áustria de 1438 a 1583 e de 1612 a 1806, tendo servido, a partir dessa data, de sede do Imperador da Áustria até 1918. Atualmente é a sede oficial do Presidente da Áustria.

IMG_0385

Uma das personagens mais célebres que habitou esse palácio foi a imperatriz Isabel da Baviera (1837-1898), depois chamada Isabel da Áustria, foi a imperatriz consorte da Áustria e a rainha consorte da Hungria devido ao seu casamento com o imperador Francisco José I. Conhecida popularmente como Sissi. Diferentemente da Sissi imortalizada pela atriz Romy Schneider nos filmes do director Ernst Marischka, a verdadeira imperatriz foi uma esposa infeliz, depressiva, vaidosa e anoréxica, e a sua personalidade “sombria” está retratada no Museu Sissi, no Palácio Imperial de Hofburg.

IMG_0367

Sissi tinha uma verdadeira obsessão pelo seu peso: tinha o costume de se pesar três vezes por dia. Pesava cerca de quarenta e cinco quilos e tinha 1,73 metro de altura. Se a cintura passasse de 50 cm, parava de comer. Imperdível visitar a coleção de pratas e os jogos de jantar da Imperatriz.

IMG_0301

Sissi foi assassinada por um anarquista italiano, Luigi Lucheni em 1o de setembro de 1898 em Genebra, na Suíça, que desejava assassinar alguém de importância política para chamar atenção para sua causa. Ela sofreu um golpe com um punhal fino no tórax, mas não sentiu o golpe no momento, vindo a morrer a bordo do navio que a levaria de volta para Viena. O seu corpo está sepultado na Cripta Real dos Habsburgo na Igreja dos Capuchinhos, ao lado do filho e do marido.

IMG_0914

 

Museu Albertina

Esse é o museu mais importante da Áustria, foi fundado em 1776 e era uma galeria de hóspedes do Palácio Hofburg. O prédio atual, uma jóia da arquitetura neoclássica, é uma adaptação de construções mais antigas que existiam no local, datando de meados do século XVII, sendo usadas pelo Departamento Oficial de Edificações da Corte.

IMG_3899

O símbolo do museu é a pintura de Albretch Durer, o mais famoso artista do Renascimento nórdico, tendo influenciado artistas do século XVI no seu país e nos Países Baixos, A Lebre.

IMG_0933 IMG_0931

A Galeria Albertina possui uma das maiores coleções de artes gráficas do mundo, com mais de 50 mil desenhos e um milhão de gravuras, datando desde o gótico até a contemporaneidade. De suas obras-primas destacam-se peças de Rembrandt, Rubens, Lorrain, Delacroix, Manet e Cézanne, entre os modernos brilham Schiele, Klimt, Kokoschka, Warhol, Rauschenberg e Baselitz.

Ópera Estatal de Viena – Wiener Staatsoper

O prédio da ópera foi o primeiro grande edifício no Wiener Ringstrabe, construído graças ao Fundo de Expansão da Cidade. Começou a ser construído em 1861 e estava finalizado em 1869, seguindo os planos dos arquitetos August Sicard von Sicardsburg e Eduard van der Nüll. Foi feito num estilo neo-renascentista.

IMG_0602

Gustav Mahler foi um dos muitos maestros que trabalharam em Viena. Durante o seu mandato, Mahler cultivou uma nova geração de cantores, como Anna Bahr-Mildenburg e Selma Kurz. O mítico maestro alemão Herbert Von Karajan, especialista nas sinfonias de Beethoven, também foi diretor musical dessa casa de ópera de 1956-1964.

IMG_0563 IMG_0564

Estar em Viena e assistir uma ópera nessa casa é imergir na atmosfera vienense, na cidade que abrigou os mais importantes músicos que a humanidade conheceu: Mozart, Beethoven, Schubert, Strauss, Mahler, entre tantos outros. Adquira ingressos e a temporada no site www.wiener-staatsoper.at

IMG_0536 IMG_0538

Naturhistorisches Museum (Museu de História Natural de Viena)

Tendo um dos acervos mais variados do mundo, seus artefatos mais recentes têm aproximadamente 250 anos de idade. Seu prédio principal é um elaborado palácio que acomodou suas coleções constantemente em expansão desde sua inauguração ao público em 1889 (antigamente tinha o nome de Palácio Imperial de História Nacional).

IMG_0450

 

O museu conta com várias alas, dedicadas a diferentes espécies, destaque para a sala das Aves, e sala dos Dinossauros.

 

IMG_0468IMG_0467

Palácio de Schönbrunn

Conhecido como o Palácio de Versalhes de Viena, é um dos principais monumentos culturais e históricos da Áustria. Está localizado no Hietzing, o 13º distrito de Viena. O seu nome deriva de uma frase atribuída ao imperador Matias, que teria “descoberto” um poço enquanto caçava por ali, exclamando “Welch’ schöner Brunn” (“Que bela nascente”).

IMG_3891

Construído como residência para a imperatriz Eleonora Gonzaga entre 1638 e 1643, foi severamente danificado durante o segundo cerco turco a Viena, em 1683. Em 1687, Leopoldo I encomendou a Johann Bernhard Fischer um novo edifício representativo para o seu sucessor, José I. Aqui viveu até 1817, data de seu casamento com o futuro imperador brasileiro Pedro I, a arquiduquesa D. Leopoldina de Habsburgo, que teve tão grande papel na independência do Brasil.

IMG_0689

O palácio conta com algumas atrações imperdíveis: o labirinto novo e o velho, o parque, o zoológico, a casa das palmeiras e a coleção de carruagens. É considerado patrimônio Cultural da Humanidade.

IMG_0733

 

Karlplatz & Karlskirche (Igreja de São Carlos)

A Karlplatz é considerada o coração de Viena. A igreja de São Carlos data de 1737, e é uma das mais belas igrejas barrocas da cidade. É dedicada a Carlos Borromeo, que é o santo conhecido por ajudar na cura das pragas. Foi construída no império de Carlos VI, como uma homenagem ao fim da praga que assolou a cidade de viena no século XVII e XVIII.

IMG_0742

As colunas em alto-relevo contam a história de vida do São Carlos Borromeu, os dois anjos na entrada (um segurando uma cruz com uma cobra e o outro a cruz de Cristo) simbolizam o Antigo e o Novo Testamento e o triângulo no meio da entrada mostra o quanto a peste afetou a cidade, a oração pedindo ajuda e a cidade sendo salva. No altar existe um triângulo com o nome Javé, em hebraico, representando Deus. A cor amarela do nome Yahweh simboliza o amor de Deus.

IMG_4045

Os afrescos no interior da igreja são de autoria de Johann Michael Rottmayr, e simbolizam cenas da vida de São Carlos, com os milagres que realizou e a intercessão da Virgem Maria sobre ele, com cenas das virtudes cardinais.

IMG_4044

 

Museu de Freud – Berggasse 19 1090 Vienna
Essa casa localizada na Rua Berggasse foi a residência e o consultório do pai da psicanálise Sigmund Freud, onde ele viveu durante 47 anos, até ser obrigado a mudar-se para Londres em 1938 para fugir do anti-semitismo nazista.

IMG_3893

 

Apenas poucas peças da casa contém objetos e móveis de origem, já que todo o resto foi transportado quando ele se mudou para Londres em 1938 para escapar do nazismo que tinha chegado com tudo em Viena, no dia seguinte à prisão de sua filha Anna Freud durante um dia para interrogatórios. Isso foi o estopim para que Freud decidisse levar sua família para Londres.

IMG_0796

 

O famoso divã de Freud, onde ele colheu toda matéria psíquica de seus pacientes para escrever “A interpretação dos sonhos” e fundar a psicanálise.

IMG_0804

 

Para chegar ao museu de Freud basta pegar o metrô linhas U2 Schottentor, U4 Schottenring.

Volksgarten

Seu nome significa “Parque do povo”, e é um dos inúmeros parques de Viena, que se destaca por apresentar esculturas com homenagens aos compositores que viveram em Viena.

IMG_0953

 

Essa em homenagem a Johann Strauss II, o rei da Valsa.

IMG_0952

 

Para Beethoven fizeram a mais sombria e soturna, condizente com seu gênio perturbador, o homem que mudou a história da música com a criação da Sinfonia número 9, “Ode a alegria”.

 

IMG_0946

 

Franz Schubert, junto com Beethoven, fundou o gênero romantismo na música clássica, porém morreu precocemente com 27 anos, deixando uma obra grandiosa para posteridade, tornando-o eterno nos corações de quem aprecia sua música.

IMG_0959

Burggarten

Esse parque fica perto do Palácio Hofsburg e se destaca por ter uma escultura do compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart, gênio do classicismo, também morto precocemente com 35 anos.

IMG_0483

 

E assim é Viena, a cidade da música, romântica e elegante. Falaremos sobre os restaurantes que conhecemos em um post separado.

IMG_0962 IMG_0963

Carpe Diem!!!!

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s