Madrid – Parte 2

Plaza de Cibeles

É um dos lugares mais bonitos e conhecidos de Madrid. A fuente de Cibeles encontra-se em uma rotatória no encontro do Paseo del Prado e da Calle de Alcalá. A deusa greco-romana da natureza Cibele foi a inspiração para a fonte, aonde encontra-se sua escultura sentada sobre uma carruagem. Criada no século XVIII por José Hermosilla e por Ventura Rodríguez.

IMG_0721

IMG_0723

IMG_0720

O prédio ao fundo é a sede da prefeitura, que inclui o Gabinete do Prefeito e o Palácio de Comunicaciones, agência central do correio. Foi construído entre 1905 e 1917.

IMG_0725

Detalhe da sede da prefeitura

Para chegar a Plaza de Cibeles basta pegar o metrô e descer na estação Banco de España. A partir daí caminha-se pelo Paseo del Prado para chegar até o Museo del Prado.

Museo Del Prado

Esse museu apresenta a maior coleção do mundo de pintura espanhola (principalmente Goya e Velázquez), desde o século XII até o século XIX.  Apresenta também quadros de arte flamengos e italianos. O edifício neoclássico foi projetado em 1785 por Juan de Villanueva, sob as ordens de Carlos III, inaugurado como museu em 1819. Imperdível visitá-lo. IMG_0736

IMG_0735

A coleção permanente é disposta em três andares. O térreo é dedicado a esculturas clássicas, enquanto Velázquez ocupa o primeiro piso e um extensão coleção de Goya se divide entre os três andares. Segue abaixo as obras que são ponto alto do museu.

Adoração dos pastores (1612 – 14) de El Greco apresenta as figuras alongadas características da obra desse pintor.

EL-GRECO--DOMINIKOS-THEOTOKOPOULOS-THE-ADORATION-OF-THE-SHEPHERDS

Coleção Velázquez – quadro O Triunfo de Baco (1629) é uma das primeiras obras de Velázquez com tema mitológico, demonstrando o deus do Vinho cercado de embriagados.

triunfo de baco

As Três Graças (1635) – quadro de Rubens, artista flamengo, mostra as três filhas de Zeus, o Amor, a Alegria e a Folia. Esse quadro fazia parte da coleção pessoal do pintor.

as tres graças

Coleção Goya – imperdível ver as obras de Goya espalhadas pelos andares do Prado, principalmente ” As Pinturas Negras”, que mostram os horrores das guerras napolêonicas e uma certa desilusão do pintor com a condição humana.

saturno

Goya é um dos pintores espanhóis de maior importância, tendo inclusive sua estátua colocada em frente ao Museo del Prado.

IMG_0738

O martírio de São Filipe (1639) – obra de José Ribera, artista espanhol que foi seguidor do italiano Caravaggio. Nessa obra observa-se bem o toque chiaroscuro típico desse mestre italiano, com suas imagens sombrias e escuras.

martirio

Além dessas obras – primas o Museo del Prado também apresenta um importante acervo de pintura italiana, destaque para Caravaggio com “Davi Vencedor de Golias (1600)”, Rafael com “Cristo cai a caminho do calvário” e Fra Angelico com a “Anunciação”, grande obra da renascença italiana.

Para chegar ao Museo del Prado basta caminhar a partir da Plaza de Cibeles pelo paseo del Prado. Também pode se chegar de metrô, estação Atocha e Banco de España.

Iglesia de San Jerónimo el Real

Essa igreja foi construída no século 16 para a Rainha Isabel, passando a ser a igreja real de Madrid, local onde aconteceram as coroações dos reis espanhóis.  Fica localizada próximo ao museo del Prado. Esteve ligada ao Monastério da Ordem de São Jerônimo. O rei Juan Carlos I foi coroado nessa igreja em 1975.

IMG_0742

IMG_0747

IMG_0745

A igreja apresenta esculturas de Benlliure, Juan Pascual de Mena e pinturas de Vincenzo Carducci.

IMG_0747

 

Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofia

Esse importante museu  sobre a arte do século 20 tem como seu principal destaque a “Guernica”, de Pablo Picasso. Apresenta coleções importantes também de Dalí e Miró. Esse edifício funcionava como Hospital Geral de Madrid, contruído no século XVIII.

IMG_0752

IMG_0754

O grande destaque desse museu sem dúvida é a “Guernica” de Picasso, mais famosa obra do século XX, que demonstra o bombardeio sobre a cidade de Gernika-Lumo, no país Basco, pelos pilotos alemães a mando de Hitler, que apoiava o ditador Franco, durante a guerra civil espanhola. Essa obra foi encomendada pelo governo republicano espanhol em 1937 para a exposição de Paris.

guernica-1_picasso

Esse quadro é um grande painel que demonstra o horror das guerras, com vilas estilhaçadas, corpos virados ao avesso e animais mortos. O quadro esteve no museu MOMA de Nova York até 1981, de acordo com a vontade do artista, de que não deveria voltar a Espanha até que a democracia fosse restabelecida no país.

Imperdíveis também as obras de Salvador Dalí com “Paisagem de Cadaqués” e Juan Miró com “Retrato II”.

Pode-se caminhar pelo Paseo del Prado a partir do Museo del Prado até o museu de Reina Sofia, também pode-se chegar de metrô, na estação Atocha.

Plaza de Toros de Las Ventas

Deixando de lado o politicamente correto e opiniões sobre as touradas, essa praça de touros é uma das mais belas e importantes do mundo. Foi construída em 1929 para substituir a antiga arena que ficava na puerta de Alcalá. Apresenta arcos em ferradura ao redor das galerias externas e decoração elaborada em azulejos.

IMG_0756

As estátuas externas são homenagens aos renomados toureiros espanhóis Antonio Bienvenida e José Cubero.

IMG_0765

IMG_0766

IMG_0773

Ao lado está o museo Taurino, que contém uma grande coleção com vários retratos e esculturas de famosos toureiros até as cabeças de vários touros sacrificados em Las Ventas. Podem ser vistos de perto os instrumentos utilizados pelos toureiros: capas e banderrillas (dardos). Encontra-se exposto o traje de Luces ensanguentado, usado pelo toureiro Manolete em sua tourada fatal em Linares, Andaluzia, em 1947.

IMG_0796

IMG_0888

Camarote real onde o próprio rei Juan Carlos I estava assistindo a tourada.

E já que se está em Madrid nada melhor do que imergir na cultura local e assistir uma tourada madrilenha.

IMG_0804

A temporada das touradas é de março a outubro, todas sextas, sábados e domingos. Os ingressos podem ser adquiridos pela internet no site www.las-ventas.com ou diretamente na praça de touros.  A chegada a praça de touros pode ser através do metrô na estação Ventas.

Parque Del Retiro

O parque del Retiro situa-se em um bairro nobre de Madrid (Jerónimos), tendo esse nome devido ao palácio real de Filipe IV, que ficava no local.

Esse parque era utilizado como propriedade privada da família real desde 1632, sendo aberto ao público em 1869. É um dos principais lugares procurados para lazer em Madrid.

IMG_1353

Monumento de Afonso XII

No parque podem ser alugados barcos a remo, o que é um excelente passeio e exercício também.

IMG_1374

 

 

Templo de Debod

Um pedaço do Egito na Espanha, o templo de Debod foi construído no século IV a.C. pelo rei Cuche Adijalamani para reverenciar o Deus Amun, até há apenas algumas décadas situava-se 15 km ao sul de Assuão, no Egito, muito próximo da primeira catarata do Nilo e do grande centro religioso da deusa Ísis, em Filé. Foi salvo da área inundada da represa de Aswan e dado a Espanha em 1972 como um tributo aos engenheiros envolvidos no projeto. O templo está alinhado com dois de seus três portões originais. Fica localizado em uma colina acima do rio Manzanares, nos jardins do Parque del Oeste. É possível se ter uma bela vista até a Sierra de Guadarrama.

IMG_1388

IMG_1392

 

O parque del Oeste é o lugar dos quartéis de Montaña, que foram tomados de assalto pelos mais pobres no início da Guerra Civil espanhola em 1936. Essa região também foi o local de massacre das tropas francesas nos rebeldes espanhóis durante as guerras napoleônicas, que pode ser visto nos quadros de Goya no Museo del Prado.

IMG_1393

Para chegar ao templo Debod basta tomar o metrô e saltar na estação Ventura Rodríguez.

Carpe Diem e aproveite as noites espanholas comendo boas tapas e bebendo bons vinhos no Taberna Antonio Sánchez, antigo restaurante espanhol.

 

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s